Lumpectomia: o que é, como é feita e quais são os cuidados pós-operatórios

A lumpectomia é um procedimento cirúrgico para a remoção de tumores ou lesões benignas da mama. É uma opção menos invasiva do que a mastectomia e pode ser uma escolha adequada para pacientes com tumores menores. 

Por: Outubro Rosa

O que é uma lumpectomia?

A lumpectomia, também conhecida como ressecção ou quadrantectomia, é uma cirurgia conservadora da mama que tem como objetivo remover apenas o tumor ou a lesão, preservando o máximo possível do tecido mamário saudável. 

SAIBA MAIS

Como é feita a lumpectomia?

A lumpectomia é realizada sob anestesia geral e envolve a remoção do tecido mamário afetado, juntamente com uma margem de tecido saudável ao redor do tumor. O cirurgião pode utilizar técnicas de preservação do tecido mamário para minimizar a perda de volume e a alteração estética da mama.

Quem é candidato à lumpectomia?

A lumpectomia é geralmente indicada para pacientes com tumores pequenos e localizados na mama, que não apresentam metástases em outras áreas do corpo. 

SAIBA MAIS

Quais são os cuidados pós-operatórios?

Após a lumpectomia, é fundamental seguir as orientações médicas para garantir uma recuperação adequada. Isso inclui repouso, cuidados com o curativo, uso de medicamentos prescritos e acompanhamento regular com o cirurgião e a equipe de oncologia.

Recuperação após uma lumpectomia

A recuperação após uma lumpectomia varia de paciente para paciente, mas em geral, é esperado que a paciente possa retomar suas atividades cotidianas dentro de algumas semanas. 

SAIBA MAIS

Benefícios da lumpectomia

A lumpectomia oferece diversos benefícios em comparação com a mastectomia, incluindo a preservação da mama, menor impacto estético, recuperação mais rápida e menor risco de complicações pós-operatórias.

Riscos e complicações da lumpectomia

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, a lumpectomia apresenta riscos e possíveis complicações, tais como sangramento, infecção, alterações na sensibilidade da mama e formação de cicatrizes.

SAIBA MAIS

Alternativas à lumpectomia

Para pacientes que não são candidatos à lumpectomia, devido ao tamanho ou localização do tumor, a mastectomia pode ser a opção mais adequada. Além disso, em alguns casos, a quimioterapia neoadjuvante pode reduzir o tamanho do tumor, tornando a lumpectomia uma opção viável.

Conclusão

A lumpectomia é um procedimento cirúrgico eficaz e menos invasivo para o tratamento de tumores na mama. Ao compreender o que é a lumpectomia, como é realizada e quais são os cuidados pós-operatórios, os pacientes podem tomar decisões informadas sobre o seu tratamento.

É fundamental buscar orientação médica especializada e considerar as opções disponíveis para encontrar a melhor abordagem para o seu caso.

SAIBA MAIS